+

Laboratório de Imunogenética comemora o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea

No próximo dia 16 de setembro, quando se comemora o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea, a Universidade Estadual de Maringá (UEM), pioneira no interior paranaense na realização de aplicação de exames de histocompatibilidade, também celebrará o fato de responder por 21% do cadastramento de doadores no Paraná e 10% do cadastramento de doadores do sul do Brasil.

O Paraná cadastrou quase 469 mil pacientes e a região sul brasileira fez o cadastro de cerca de 968.500 doadores. Destes, 98.574 cadastramentos foram feitos pela UEM, por meio do Laboratório de Imunogenética

Referência no Brasil e no mundo, o Laboratório, sob a direção da professora Jeane Eliete Laguila Visentainer, faz várias pesquisas e uma das que mais se destacam é justamente a da histocompatibilidade na seleção de doadores de medula óssea.

Com uma equipe multidisciplinar, reunindo profissionais qualificados e premiados em vários eventos científicos do Brasil, o Laboratório aplica os exames de alta complexidade para encontrar a compatibilidade entre doador e receptor, por meio de um projeto de extensão.

O projeto “Cadastramento de Doadores Voluntários de Medula Óssea” tem a coordenação do professor Rafael Campos Bezerra. Segundo o coordenador, o objetivo é conscientizar as pessoas sobre a importância de se cadastrar como possível doador(a) de medula óssea.

Conforme Bezerra, as chances de se encontrar um doador de medula compatível pode chegar a 1 entre 100 mil pessoas. A pessoa precisa ter de 18 a 55 anos e se dispor a oferecer 5 ml de sangue para o teste de histocompatibilidade, que será utilizado para a pesquisa do HLA.

O Hemocentro Regional de Maringá está apto a fazer o cadastramento. Ele fica na avenida Mandacaru, n.º 1.600, ao lado do Hospital Universitário. O telefone para informações é o (44) 2101-9400.

O PBF sente-se orgulhoso de contar em seu corpo docente permanente com as professoras Dra. Jeane Eliete Laguila Visentainer e a profa Dra. Ana Maria Sell, integrantes do laboratório de Imunogenética. Neste espaço e tema também vários mestrandos e doutorandos desenvolvem suas atividades de pesquisa e formação.

Para saber mais sobre o laboratório e sobre o tema acesse: